Páginas

Os meninos e as meninas por essa Europa global e arredores, incluindo ilhas, penínsulas, esquinas duvidosas, becos menos coloridos, apeadeiros de transportes sem horário e lugares incertos, importam-se de parar com a coverice em diversas linguas e dialetos, em busca de salvação e protagonismo artístico ?
É que não sei se repararam mas o festival já acabou, teve vencedor o recinto foi limpo e aborrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrece-me os vossos covers fora de prazo de "Amar por uma data de gente", caneco.

O meu ateísmo agnóstico foi provocado por uma imagem profanamente de intenção sagrada, que me sugere, em jeito de explicação, uma passagem bíblica ezequieliana...
“Deverão ensinar o meu povo a distinguir entre sagrado e profano, e farão que ele conheça a diferença entre puro e impuro”. (Ezequiel 44:23).

A minha descendência chegou há uns dias a casa e disse-me que ouviu o hino da seleção e deu-lhe vontade de cortar os pulsos... a história começa aqui.
Esperei uns dias e é hoje.
A reineta tinha bicho e senti-me enganado ou foi mesmo uma espécie de spm frutícola, que me dobrou o sentimento, mau, claro. Muito mau. Ora então, Sr. Seleção: Gosto da sua música e comprei mesmo alguns dos seus disquinhos prateados, ao contrário de uns piratas que andam por aí escondidos, mas andam. E não é que o senhor se plagia num dos seus hits, que para mim foi mais um "ic" ressacado, que outra coisa assim positiva e prá frente, pró ataque, pró golo, prá victória, como se quer. Ó Pedro... tudo o que for abaixo dos 100 bpm é slow, carago.
Então mas queremos que os onze e os outros 11 milhões adormeçam no relvado ou queremos com ganas lusas sem fastio, caminhar para o caneco europeu? Porra pá !!! Para não te parafrasear quando caíste num plateau de tv e só se ouviu um pi.
Desta vez acho que te encostaste ao contrabaixo e ficaste mais baixinho pelo lado criativo. Pelo menos tinhas remakado o 'Fazer o Que Ainda Não Foi Feito', ou E nós todos o que vamos fazer? Talvez ganhar, talvez ganhar... pelo menos o ritmo sempre era mais animador.
Os sonhos de menino do Tony com letra a propósito teriam mais beat que esta tua intenção desportivópatriota falhada páaaaaaaaa.
Fiquei desiludido contigo... espero que não tenhas sido agoiro para França.
Portugal allê, Portugal allê.... sem z para ninguém adormecer.
+++++ Escritu ao desabrigu do acordu ortográficu+++++

Frasedodiaànoite:
"ISTO É TUDO UM PUTEDO"
Disse Arnaldo Matos, dirigente histórico do PCTP/MRPP, partido a que pertenceram, Durão Barroso, Pacheco Pereira, Maria José Morgado, Fernando Rosas, Ana Gomes e assim de repente creio que mais ninguém de posteriormente mediático. Em http://www.lutapopularonline.org/ em 11 Out 15