Páginas

Bichos e bichas



Caí por acaso a uma segunda, a ver uma quinta, da quatro …
Pensei que era um programa tipo gala ou homenagem a um maduro qualquer…mas não.
Percebi que a quinta das celebridades tinha chegado a Portugal…mais uma conquista da Endemol responsável por sucessos do pequeno ecran em vários países por esse “voyeur” mundo fora.
Quatro figuras sentadas em cadeirões palacianos. Um telenovelesco actor brasileiro com uma prestação em partime em filmes X, uma blondasse (ou melhor uma loiraça,tradução do francês parisiense, porque rima com petasse e acho mais sonante), uma ex miss Portugal, e ainda uma outra personagem que após 3 minutos, que foi o tempo que consegui aguentar sem mudar de canal, fiquei sem perceber se era um anjo uma vez que dizem que eles não têm sexo - recuso-me a discutir o assunto - pénis ou vagina eis a questão se bem que a genética considere uma terceira hipótese. A juntar à festa a nossa muito in ( quer dizer, dentro) Júlia Pinheiro vestida de rosa choque (ou será chic?) no seu melhor. Lembro-me da Júlia no começo de carreira numa revista feminina nos anos 80 e era bem diferente em todos os aspectos interiores e exteriores, adiante…
A quinta das celebridades deve começar a invadir os lares urbanos uma vez que vacas, porcos, galinhas e patos é coisa comum noutras zonas deste rectângulo irregular. Mas talvez os bichinhos do betão vejam o programa porque nunca viram bichos e os outros pelo mesmo motivo queiram ver outros bichos…em suma uma enorme bicharada… e já não me estou a referir ao quarto elemento “anjelical”.
Quem deve tornar-se adepto é o nosso ministro da agricultura, afinal uma quinta vai deixar de ter segredos para os espectadores da quatro que à terceira foi de vez, a multinacional da imagem conseguiu impingir mais um, depois do “ Irmão maior”.
Há muito tempo que não batia nenhum recorde, e hoje é dia de festa, por isso festejei com um suminho de limão biológico folhinha de menta e gelo moído… 3 minutos de quinta das celebridades não é para todos e a seguir vou mesmo inscrever-me no “Guiness book of records” na modalidade de espectador mais rápido a zapar.
Só espero que as SPA’s estejam atentas…
E termino em jeito de gíria teatral, mas por outros motivos…M E R D A, que em gíria camponesa se diz, B O S T A.

3 comentários:

Anónimo disse...

O meu olhar caiu logo na fotografia e vi-me em passeio por essa terra que amo (Portugal) e no desfiar das linhas sorri dum sorriso triste só as "merdas" são copiadas. Por terras gaulesas também há quintas ou houve mas ao contrario de ti eu tive chance não necessitei zapar .
um abraço de Paris com cheirinho dum jardim de alecrim

maria_arvore disse...

Efectivamente, como dizem os GNR, gosto de aparências. No palco, deseja-se MUITA MERDA antes do espectáculo. Nesta Quinta das Aparências não se pode desejar espectáculo porque o terreno que se pisa é desde o início um pantanal.
E viva o zapping para a esfera dos blogues!

Jorel disse...

Realmente....Só gostava de saber porque se chama Quinta das celebridades...celebridades?????? Desde quando??????
Vi noutro blog (infelizmente n me lembro qual), um post que dizia que a vida na dita quinta é uma farsa, uma vez que as "celebridades" não acordam com o cantar do galo já penteadinhas, etc. Acredito que assim seja, senão a Tv4 já tinha criado o canal 42 na tv-nabo como fez para os grandes irmãos. Eles não querem é que se veja o que se passa nos "bastidores". hehehe.... E vivam as aparências!

semprecalados.blogspot.com